Manaus, 28 de fevereiro de 2024

Unidades habitacionais para servidores da saúde do Amazonas serão entregues em 2023

O governador Wilson Lima vistoriou, na manhã desta quinta-feira (13/10), as obras do Conjunto Residencial Ozias Monteiro II, na Cidade Nova, zona norte de Manaus. As 192 unidades, que estavam com os serviços paralisados desde 2014, serão destinadas a servidores públicos da área da Saúde. A obra foi retomada pelo Governo do Estado e já alcança 30% de execução, com previsão de conclusão já em 2023.

O governador falou sobre o público para qual o empreendimento é destinado e sobre o avanço das obras, retomadas após oito anos de paralisação.

“A gente está estabelecendo alguns critérios através da Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab), para que haja uma entrega justa para esses servidores, que serão da área da saúde. A obra está bem avançada. A nossa expectativa é que em meados do ano que vem essa obra seja entregue e siga o modelo da primeira unidade, que também foi destinada para servidores públicos”, disse.

Wilson Lima pontuou que o Governo do Estado tem dedicado esforços para dar soluções de moradia digna à população. Além do Residencial Ozias Monteiro, ele destacou os trabalhos nas quadras habitacionais da avenida General Rodrigo Otávio (Japiim); a montagem dos canteiros de obras nas comunidades Manaus 2000 (Distrito Industrial) e Sharp (zona leste), prevista para as próximas semanas; além da resolução de problemas de moradia no interior, em municípios como Maués e Parintins.

“A gente tem entrega de unidades habitacionais prevista até o ano de 2026. Com isso a gente perfaz um total de 10 mil soluções de moradia. Não só entregar um depósito para colocar pessoas, com estruturas comprometidas, como no passado, sem ter por perto serviços de saúde, educação, segurança, sem ter comércio, a gente está solucionando esses problemas para dar dignidade a essas pessoas”, acrescentou o governador.

Retomada
De acordo com a Suhab, o investimento para conclusão do Conjunto Residencial Ozias Monteiro II está orçado em R$ 21,4 milhões. O superintendente do órgão, Jivago Castro, explicou o trabalho que está sendo feito.

“Nós estamos com um plano de entrega de 12 meses de conclusão, com previsão de entrega até julho do ano que vem. Projetos na área habitacional já estão sendo apresentados para entregarmos ainda mais unidades habitacionais para a nossa população”, afirmou.

Obras
Atualmente as obras do residencial empregam 65 pessoas diretamente. “A gente tem uma previsão de chegar a um pico de 100 pessoas nos próximos meses, à medida que as frentes de trabalho vão liberando”, detalhou o engenheiro Mansur Varela, responsável técnico da obra.

Os serviços que estão sendo executados são de terraplanagem, drenagem, alvenarias, laje, fabricação das escadas pré-moldadas e construção da base para receber a infraestrutura para Estação de Tratamento de Efluentes (ETE).

Os apartamentos do Conjunto Residencial Ozias Monteiro II estão divididos em seis blocos. Cada unidade habitacional possui 37,76 m², dois dormitórios, sala de estar/jantar, cozinha e banheiro. Além de vias, a infraestrutura do residencial possui duas áreas verdes e cinco áreas institucionais.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!