Manaus, 1 de março de 2024

Polícia Federal destrói balsa e apreende lancha usada no garimpo ilegal na Amazônia

Uma balsa foi destruída e uma lancha apreendida, durante operação conjunta de combate ao garimpo ilegal, na últimaterça-feira,  22, na região do Médio Juruá,  no Amazonas. Participaram da abordagem Polícia Federal (PF), Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis), ICMbio (Instituto Chico Mendes de Biodiversidade) e Polícia Militar (PM).

A ação dos garimpeiros tem causado graves danos ambientais à região Amazônica, poluindo os rios e prejudicando a população ribeirinha.

Nos últimos meses, pelo menos três outras operações voltadas ao combate ao garimpo ilegal na Amazônia, foram deflagradas pela PF, resultando na destruição de dezenas de balsas e equipamentos.

Segundo nota enviada pela PF, as embarcações atuavam entre os municípios de Carauari e Itamarati. Os agentes percorreram 1,5 mil quilômetros durante a ação de fiscalização. Foram quatro dias de busca, durante a operação que visa coibir a prática ilegal.

A PF esclareceu que toda atividade para a extração de minério na região, é considerada ilegal. Ainda de acordo com a nota, outras ações de fiscalização devem ocorrer, ainda este ano, em áreas distintas do Amazonas.

Foto: Divulgação PF-AM

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!