Manaus, 12 de julho de 2024

Outras 81 balsas e dragas usadas no garimpo ilegal são destruídas em rio da Amazônia

A Polícia Federal destruiu, na última quarta-feira,  12, mais 81 balsas e dragas que atuavam no garimpo ilegal na região do rio Madeira, entre os estados do Amazonas e Rondônia,  ambos na Amazônia Legal.

A destruição das estruturas e maquinários ocorreu durante operação deflagrada na região. O rio Madeira fica na bacia do rio Amazonas, um dos maiores do mundo e de importância vital para a região amazônica.

A atuação de garimpeiros tem sido frequente na região, causando danos ambientais que atingem diversos municípios situados às margens dos rios amazônicos.

No mês de setembro, uma outra operação deflagrada pela PF resultou no cumprimento de mais de 40 mandados de prisão em vários estados brasileiros, entre eles, Amazonas e Rondônia, para desarticular uma quadrilha ligada a esse tipo de atividade ilegal.

Já em agosto, uma outra ação,  dessa vez em parceria com o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Narurais Renováveis), destruiu mais de 20 balsas na mesma região.

FOTO: DIVULGAÇÃO PF

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!