Manaus, 1 de março de 2024

Operação da PF mira em envolvidos em atos antidemocráticos no Amazonas e em mais seis estados

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira, 15, uma operação para o cumprimento de 100 mandados de busca e apreensão, contra bolsonaristas radicais envolvidos em atos antidemocráticos, que tiveram início após o resultado da eleição de outubro, a qual elegeu Luiz Inácio Lula da Silva (PT), como o próximo presidente do Brasil. A ação está sendo desenvolvida em sete estados brasileiros, entre eles, o Amazonas, por determinação do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Alexandre de Moraes.

Entre os atos investigados, estão os bloqueios em estradas brasileiras, nos últimos meses, que dificultaram o escoamento de produtos, o tráfego de veículos e colocaram em risco as vidas de pacientes que dependiam dessas vias de acesso para tratamento.

A determinação de Moraes inclui o bloqueio de contas bancárias dos envolvidos e quebra do sigilo financeiro. Segundo informações preliminares, há indícios de que políticos estejam envolvidos. Entre eles, o deputado estadual Carlos Von (DC-ES).

Segundo informações do portal G1, além do Amazonas, a operação abrange os seguintes estados: Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Espírito Santo.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!