Manaus, 15 de junho de 2024

Manaus: campeão de muay thai que superou a depressão fará estreia no boxe

Com duas lutas e duas vitórias no currículo, o lutador de muay thai Daniel Gomes, de 20 anos, faz preparação intensiva para estrear na sua primeira competição como boxeador, o 1º Amazonas Fight de Boxe, no fim deste mês. Em 2021, o “jovem pandêmico” encontrou no esporte apoio para vencer a depressão e sonhar com futuro de vitórias: “sinto que sou capaz de qualquer coisa”, acredita.

A história de Daniel Gomes com as lutas inicia bem antes dele conhecer a academia Black River, no bairro Aparecida, em Manaus, e se tornar campeão da 17ª edição do Campeonato Amazonense de Muay Thai, que foi organizado em 2021 pela Federação Amazonense de Boxe Tailandês – Muay Thai (FABT), e do Jaguar Muay Thai FC, em 2022.

O jovem relembra que tinha contato com as lutas pela TV ainda quando criança. “Sempre fui muito apaixonado por luta. Quando era novo, eu assistia lutas ao lado do meu pai”, revela.

Mesmo com esse interesse pelas lutas ele só começou a treinar anos depois. Por desconhecimento sobre como são as aulas em espaços de treinos profissionais, como a academia onde Daniel se prepara para competição em Manaus, e medo de que ele pudesse se machucar, os familiares não investiram em aulas para ele quando era criança.

Luta contra depressão

O começo foi tardio, aos 18 anos. Mas, o contato com as aulas de muay thai também serviu como apoio para vencer a depressão.

“Estava passando por uma crise, com problemas pessoais. Sempre quis fazer muay thai e boxe, sempre tive interesse. A primeira vez que vim aqui [na academia Black River] e vi a galera treinando eu me apaixonei na hora. Fui um jovem pandêmico. Vivi a pandemia preso em casa por cerca de 1 ano e meio sem meus amigos, escola e sem ver minha namorada. Isso mexeu muito com minha cabeça e não soube administrar comigo mesmo. Totalmente estressado, maltratando todos. Sentia que tudo ao meu redor estava ruim. Até que um dia procurei atendimento, fui a uma psicóloga e ela perguntou: ‘o que você tem vontade de fazer?’. Quando ela perguntou isso, veio um turbilhão de coisas e parece que uma chavezinha dentro de minha cabeça abriu um baú, que foi quando eu era pequeno e era apaixonado por luta. No outro dia eu já estava aqui”, revela o lutador.
Preparação para o boxe

Pouco tempo depois do contato com as aulas, em meados de 2021, Daniel iniciou os treinos diários de muay thai, preparação física e corrida, já mirando se tornar um lutador.

Essa rotina foi intensificada nos últimos meses para conseguir uma boa estreia no 1º Amazonas Fight de Boxe, que será dia 25 de março, às 19h no Centro de Treinamento AACM, localizado na Rua Urequema, 40 – Cidade Nova, Zona Norte de Manaus.

“Vão lutar [como integrantes da Black River] o Daniel Gomes e o João Vinicius. Ambos na categoria 75 kg. Eles são alunos de muaythai, mas estão fazendo treinos específicos para adaptação ao boxe, pois também sou treinador de boxe. Eles estão dedicados e acredito que farão boas lutas”, afirma o treinador Dídimo Neto.

Daniel também acredita na sua preparação. “Digamos que é o meu primeiro contato eficiente com boxe. Venho me adaptando nesses dois meses para eu me encaixar no boxe. Eu acho que minha preparação está ótima, dura e difícil. Quanto mais difícil melhor porque dentro do ringue vai ficar mais fácil”, pondera Daniel.

Motivação
Além dos benefícios físicos, as aulas de luta fizeram Daniel assimilar alguns valores.

“Por coisas que aprendi aqui, que o mestre Dídimo me ensinou e eu levo para a minha vida, eu sinto que sou capaz de qualquer coisa. Vejo que minha força é algo que eu mesmo construo. Eu posso ir muito longe. Eu posso, eu consigo e eu quero são frases que ficaram marcadas em mim”, finaliza.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!