Manaus, 17 de julho de 2024

Liderança extrativista do Amazonas, Dione Torquato compõe equipe de transição do Governo Lula

I Encontro da Juventude Extrativista - Distrito do Carvão - Mazagão-AP 24/11/2022, Fotos: Myke Sena

Entre os nomes escolhidos para compor o grupo de trabalho de transição do governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva está o secretário-geral do Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), Dione Torquato. Liderança regional reconhecida nacionalmente por sua luta em favor das populações tradicionais da Amazônia, Dione carrega a bandeira da esperança pela retomada da agenda socioambiental do país.   

“É um privilégio para gente enquanto amazônida estar inserido dentro da estrutura do Estado fazendo esse recorte, sobretudo da agenda socioambiental e também de povos, e comunidades tradicionais. Esperamos que, a partir dessas contribuições, o governo possa estabelecer, dentro de seu programa estrutural, políticas com recortes muito específicos que atendam toda essa diversidade existente no país”, afirma Dione.

Filho e neto de líderes comunitários seringueiros, extrativista de formação e de tradição, natural do município de Tefé (distante 521 quilômetros de Manaus), Dione conta que o convite para participar do grupo de trabalho de transição da nova presidência surgiu por meio de uma discussão coletiva, que reúne os movimentos do campo, da floresta e das águas, em uma frente chama de Campo Unitário. 

Além disso, seu nome foi referendado dentro do núcleo agrário do Partido dos Trabalhadores para compor a equipe de Territórios e Meio Ambiente. “Estamos vivendo um momento onde está havendo muito diálogo, diálogos transversais de temas mais macros. O governo de transição tem sido muito receptivo a todas as nossas demandas”, pontua Dione.

Após apresentar um primeiro relatório no último dia 30 de novembro, o grupo que tem se reunido de forma híbrida, quase que diariamente, agora se prepara para uma segunda etapa de trabalho. “Agora esperamos ir para uma parte de consolidação desse relatório, da estrutura e do orçamento, cujo resultado deve ser apresentado à coordenação de transição até o dia 11 de dezembro, com a demanda de cada grupo temático”, explica o secretário-geral da CNS.

“A nossa expectativa é que tenhamos prioridade na agenda socioambiental, territorial, de fortalecimento da agricultura familiar, agroecologia, ou seja, um programa de governo que possa trazer um recorte específico no combate ao desmatamento, a destinação territorial, sobretudo das terras indígenas, comunidades quilombolas e das reservas extrativistas”, destaca. 

Demandas

O amazonense lembra ainda que o próprio Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), formado por 27 lideranças de diferentes segmentos agroextrativistas, encaminhou uma carta política ao presidente eleito, a qual traz muito do que eles esperam do novo Governo Federal. 

Entre as demandas apresentadas está a necessidade de uma regularização fundiária de todas as áreas protegidas no país, de desenvolvimento sustentável, numa tentativa de combater o desmatamento, mas também de reparar os danos que hoje são passíveis ambientais, existentes não só na Amazônia, mas em todo o país.

“Nós esperamos também que as políticas de crédito e fomento sejam prioritárias dentro desse novo governo, principalmente no enfrentamento e combate à fome, e na produção de alimentos saudáveis. A gente espera que isso seja fortalecido, assim como certas autarquias que têm a responsabilidade direta nessa agenda socioterritorial, como garantias do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), fortalecimento do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), Funai (Fundação Nacional do Índio) e ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), além de outras específicas como o Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), tão importantes para a agenda da agricultura familiar, extrativista e territorial”, pontua Dione.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!