Manaus, 12 de junho de 2024

Eduardo Braga é o 3º candidato a governador mais rico entre os que concorrem na Amazônia Legal, aponta TSE

O senador e candidato ao Governo do Amazonas, Eduardo Braga (MDB), é o 3º postulante a governador mais rico entre os que concorrem ao cargo, em estados da Amazônia Legal, com R$ 35,78 milhões em bens declarados, apontam dados do DivulgaCand, sistema de registro de candidatura e contas eleitorais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A Amazônia Legal é compósta pelos seguintes estados: Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Amapá, Maranhão, Pará, Tocantins e Mato Grosso.

Completam a lista dos três mais ricos os seguintes políticos: o pecuarista Ivo Cassol, do PP, que concorre ao Governo de Rondônia com outros cinco políticos, e o governador de Mato Grosso (MT) e candidato à reeleição pelo Estado considerado o berço do agronegócio, Mauro Mendes, candidato pelo União Brasil.

De acordo com o DivulgaCand, Cassol acumula uma fortuna de R$ 134,36 milhões, enquanto Mauro Nunes, declarou R$ 108,99 milhões em bens. O candidato ao PSD ao Governo do Amapá, Jaime Nunes, se aproximou de Braga na lista dos candidatos com maiores fortunas, com R$ 35,77 milhões informados à Justiça Eleitoral.

O prazo para solicitar o registro candidatura no sistema da Justiça Eleitoral encerra nesta segunda-feira, 15, para todos os cargos em disputa nas eleições deste ano. Amanhã (terça-feira, 16), começa a campanha eleitoral nas ruas. O primeiro turno de votação está marcado para 2 de outubro.

O segundo turno ocorrerá, eventualmente, em 30 de outubro, no caso das disputas para governador e presidente. Neste ano os eleitores votam para os cargos de senador, deputado federal e deputado estadual ou distrital, além de governador e presidente.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!