Manaus, 20 de abril de 2024

Corecon-AM premia economistas, empresários e fundadores do Sebrae-AM

Economistas, empresas de consultorias, todos renomados do Amazonas, e os fundadores do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Amazonas (Sebrae-AM) foram homenageados na noite desta quinta-feira, dia 6, em evento especial ‘Top 10 2022’ promovido pelo Conselho Regional de Economista do Amazonas (Corecon-AM). Foram homenageados 10 consultores, 10 empresas e 12 fundadores do Sebrae-AM.

O evento foi realizado no auditório Professor Arivaldo Silveira, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), localizado na avenida Rodrigo Otávio, 2.394, Distrito Industrial.

Estavam compondo a mesa o presidente do Corecon-AM, Marcus Evangelista; o secretário executivo de Desenvolvimento da Secretaria de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), Jhones Lima; o coordenador de Projetos da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), José Roberto Sena; o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo; o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae (CDE-AM), Muni Lourenço; o presidente da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), Marcos Vinicius Castro e o superintendente Regional do Banco da Amazônia (Basa), Esmar Prado

Este ano, o Sebrae-AM completa 50 anos e a homenagem, segundo Manoel Monteiro Alexandre, é uma forma de valorizar as atividades desenvolvidas pela instituição no Estado, que atua no fortalecimento do empreendedorismo e do crescimento da economia.

“Foi na visão estratégica desses homens públicos, conhecedores dessas experiências temáticas que se implementou a política de apoio a pequenas e médias empresas do Amazonas. A partir disso, Manaus passou atuar como ímã na atração de pessoas do interior do Amazonas que foram impactadas pela perca de preços dos principais produtos extrativos exportados pelo Estado”, afirmou.

Na ocasião, foram homenageados os economistas José Carlos Reston, Jose Laredo, José Matias Neto, Manoel Antônio Vieira Alexandre, Onildo Elias de Castro Lima, Rodemarck de Castello Branco, Admilton Pinheiro Salazar, Felintho Ferreira de Almeida e o administrador Teófilo Gomes da Silva Neto. Três fundadores do Sebrae-AM que são falecidos também foram homenageados in memorian: Cyrillo Leopoldo Carvalho da Silva Neves, Francisco José Carvalho Cunha e Francisco Campbell de Araújo.

O presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-AM, Muni Lourenço, destacou que a integração entre os economistas e a instituição é benéfica o desenvolvimento social e econômico da região. “Eu entendo como fundamentais e imprescindíveis essa simbiose, essa integração entre o Sebrae que representa as micro e pequenas empresas e tem todo esse trabalho tão forte e os economistas, os consultores econômicos que desenvolvem projetos para acesso a financiamento, incentivos fiscais. Então, nós enquanto Sebrae queremos cada vez mais estreitar essa nossa relação institucional do Sebrae com o Corecon e com todos os economistas”, afirmou.

Muni também acrescentou sobre a importante contribuição dos economistas na história da fundação do Sebrae no Amazonas. “Todos tiveram um papel muito importante na história do Sebrae de forma precursores da primeira equipe técnica que o Sebrae teve, que foram treinados lá na Unicamp. E esses profissionais, economistas de grande quilate, colocaram as primeiras bases técnicas para que o Sebrae durante essas cinco décadas pudesse desenvolver e contribuir, como vem contribuindo, com o crescimento econômico”, concluiu.

Compondo a mesa, o superintendente Regional do Banco da Amazônia (Basa), Esmar Prado, destacou a importância da atuação dos profissionais para a economia do Estado. “São diversos elos da economia que estão presentes neste evento e observo a junção primitiva desses elos que perpassam pelos economistas. Fazendo uma reflexão bem tranquila só existe essa ligação, essa independência, só faz essa roda de fato girar com a atuação dos economistas. Então, eu conclamo que todas essas instituições do Estado do Amazonas tenham grandes parceiros economistas para que possamos chegar ao grande objetivo que é o crescimento econômico do Estado”, afirmou em discurso durante a cerimônia.

Ainda no evento, foram homenageados 10 consultores de destaque deste ano com o prêmio ‘Top 10 2022’ e mais 10 empresas de consultoria que mais se destacaram no cenário econômico local.

Os economistas premiados como consultores do ano foram: Bianca Mourão, Silas da Rocha Moraes, Diego de Vasconcelos, Francisco Barbosa, Rosangela Bezerra, Francisco Mourão Júnior, Asael Martins, Francisco Freitas e Eneida Guerra Silvetrim.

Já as empresas de consultoria premiadas foram: Controle Consultoria Sociedade Simples Ltda, Objetiva Consultoria, Denys, Dantas e Lopes Consultoria; North Consultoria, Castello Branco Consultoria, Phoenix Consultoria, Proma – Projetos Manaus, Profinco – Projetos Financeiros, Exithus Consultoria Ltda e CAC Serviços de Consultoria.

As premiações foram concedidas, de acordo com o presidente do Corecon-AM, Marcus Evangelista, como forma de valorizar e reconhecer as atividades desenvolvidas pelos consultores e empresa de consultoria pelas apresentações dos projetos de incentivos fiscais, e captação de recursos registrados no Conselho de Economia, além da relevância dos números de projetos registrados.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!