Manaus, 14 de julho de 2024

Após aparecer atrás de Wilson na corrida eleitoral, Amazonino pede na Justiça acesso aos dados da pesquisa Ipec

*Da redação

Após aparecer seis pontos atrás do governador do Amazonas e candidato à reeleição, Wilson Lima (União Brasil), na corrida pela cadeira de chefe do Executivo Estadual, Amazonino Mendes, que disputa a vaga pelo Cidadania, solicitou à Justiça Eleitoral, acesso aos dados da pesquisa realizada pelo Instituto Ipec, encomendada pela Rede Amazônica.

A pesquisa foi divulgada nesta semana. Na categoria ‘pesquisa espontânea’, Lima aparece com 25% e Mendes, com 19%, o que, em tese, formaria o quadro eleitoral para o segundo turno das eleições. Na estimulada, eles estão empatados com 30% cada um, com margem de erro de 3% para mais ou para menos. Eduardo Braga, do MDB, aparece em terceiro, tanto na categoria espontânea, quanto na estimulada, com 15% e 16%, respectivamente.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TER-AM) sob o número 06012/2022. Em decisão publicada nesta sexta-feira, 26, o desembargador eleitoral Ronnie Frank Torres Stone, deferiu o pedido feito pela Federação PSDB/Cidadania, requerendo acesso aos dados internos da pesquisa, que também abordou a predileção do eleitorado para o Senado Federal.

Para conceder acesso aos dados,  o desembargador tomou como base a Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) n 23.600/2019, artigo 13.

Ele prevê que “mediante requerimento à Justiça Eleitoral, o Ministério Público, os candidatos, os partidos políticos eas coligações poderão ter acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados das entidades e das empresas que divulgarem pesquisas de opinião relativas aos candidatos e às eleições, incluídos os referentes à identificação dos entrevistadores e, por meio de escolha livre e aleatória de planilhas individuais, mapas ou equivalentes, confrontar e conferir os dados publicados, preservada a identidade dos entrevistados (Lei nº 9.504/1997, art. 34, § 1º)”. O Ipec tem dois dias para encaminhar os dados de forma virtual.

A pesquisa Ipec entrevistou 800 pessoas em 20 cidades do Amazonas, incluindo Manaus, entre os dias 21 e 23 deste mês. O nível de confiança é de 95%. No Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ela está registrada sob o protocolo Nº BR-09878/2022.

A reportagem solicitou à assessoria do candidato Amazonino Mendes uma explicação sobre o motivo do pedido, mas não obteve retorno até a conclusão da matéria.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!