Manaus, 20 de abril de 2024

Amom lança pré-candidatura e promete ‘libertar’ Prefeitura de Manaus do grupo de David Almeida

Amom Diz que vai dar um choque de gestão, cuja prioridade será o investimento na educação, saúde, segurança e infraestrutura

O deputado federal Amom Mandel (Cidadania) lançou, na manhã desta sexta-feira (23/02), a pré-candidatura a Prefeito de Manaus, pela federação PSDB-Cidadania, em um evento que reuniu mais de 600 pessoas, na Zona Norte de Manaus. Como prioridade em seu plano de governo prometeu “libertar a prefeitura” com um choque de gestão e redefinição das prioridades.

A partir da gestão do Amom, as ações serão voltadas para setores essenciais à população com a melhor aplicabilidade dos gastos públicos. “Vamos reduzir drasticamente os gastos públicos, combatendo de forma implacável a corrupção e o desperdício. Vamos fazer um choque de gestão, redefinir prioridades dentro da Prefeitura. A prioridade não será mais a pintura e obra de fachada, mas sim investir forte na educação, saúde e projetos sociais que melhorem, de fato, a qualidade de vida do nosso povo”, explicou.

Visão diferenciada

Amom acredita que atualmente a prefeitura tem um “sistema apodrecido”, no qual grupos corruptos se instalaram e tem desviado recursos e são investigados pela Policia Federal. Ele decidiu ser candidato para “libertar a Prefeitura” da família Almeida e entregar novamente ao cidadão os seus direitos: de ter uma casa própria, da mãe de colocar os filhos na creche e até mesmo do aluno de ter uma educação de qualidade, uma merenda saudável.

Além disso, o pré-candidato focará na mobilidade urbana de Manaus. A pavimentação da cidade será com asfalto de qualidade, a engenharia de trânsito, que não existe hoje na capital, será repensada. “Vamos trabalhar e ajudar o estado no combate à violência, especialmente nos ônibus. Vamos fazer diferente de tudo que está aí. A Prefeitura será do povo e não mais de um grupo familiar, de um grupo amigos do ex-menino do morro”, alfinetou Amom.

A partir de hoje, Amom inicia um circuito para ir aos bairros da cidade e comunidades da zona rural de Manaus colher propostas para consolidar o plano de governo. No evento desta sexta-feira, Amom anunciou o nome do professor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Daniel Gerhard, que coordenará seu plano de governo, juntamente com especialistas em todas as áreas de atuação da Prefeitura.

Mudança de decisão

O pré-candidato do Cidadania revelou que em dezembro do ano passado não pretendia ser candidato a prefeito, como disse em um vídeo postado nas suas redes sociais. À época, Amom sofria intimidações anônimas por causa de uma denúncia que fez à Polícia Federal sobre um esquema dentro da Secretaria de Segurança Pública (SSP) com organizações criminosas. Após tornar pública a situação e conseguir garantir a sua segurança, em conjunto com as pesquisas – que o colocam até na liderança -, decidiu sobre a candidatura. “Não posso decepcionar milhares de pessoas que acreditam em mim, que gostam do meu trabalho e que querem mudar o comando da Prefeitura”.

Texto: assessoria

Foto: Eicardo Oliveira

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!