Manaus, 29 de maio de 2024

Prefeitura de Manaus atende mulheres indígenas no Centro Cultural Povos da Amazônia

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), promoveu, nesta terça-feira, 7/6, o primeiro dia de atendimento psicológico e roda de conversa, ações voltadas a mulheres indígenas, no Centro Cultural Povos da Amazônia, localizado na avenida Silves, Distrito Industrial I, zona Sul.

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), promoveu, nesta terça-feira, 7/6, o primeiro dia de atendimento psicológico e roda de conversa, ações voltadas a mulheres indígenas, no Centro Cultural Povos da Amazônia, localizado na avenida Silves, Distrito Industrial I, zona Sul.

Realizada nos dias 7 e 8 de junho, das 9h às 16h, a ação ocorre junto à primeira Feira de Economia Criativa da Associação Social Indígena dos Povos Tradicionais do Estado do Amazonas (Asipteam) e é aberta ao público.

Conversando com representantes de diferentes etnias, foram abordados temas como os tipos de violência física e psicológica contra mulheres, além da disponibilização de atendimento social e psicológico, orientações para a realização de denúncias e encaminhamento jurídico.

“Os povos indígenas também são ativos no combate e não aceitam as violências cometidas contra mulheres, sendo sempre muito participativos e engajados, o que é importante quando queremos abordar tópicos como a Lei Maria da Penha, por exemplo”, explica Anália Mota, gerente de políticas públicas da Semasc.

Uma das participantes da roda de conversa, Maria de Nazaré, da etnia kokama, definiu a ação como sendo de extrema importância, principalmente para as mais jovens, como forma de prevenção e conscientização, além de ressaltar a importância da autoconfiança feminina no combate à antiga ideia de que mulheres são dependentes físicas e emocionais de figuras masculinas.

“Eu, como indígena, como manauara e, principalmente, como mulher, digo tranquilamente que nós somos capazes de tudo o que podemos imaginar, além de qualquer outro estereótipo que tentam nos impor”, finaliza.

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!