Manaus, 28 de maio de 2024

Centro Avançado de Prevenção do Câncer do Colo do Útero do Amazonas deve ser concluído em 120 dias

As obras do Centro Avançado de Prevenção do Câncer do Colo do Útero do Amazonas (Cepcolu), anexo à Fundação Centro de Controle de Oncologia (FCecon), do Governo do Amazonas, devem ser concluídas em 120 dias. A previsão é que o centro referência para conizações seja entregue durante o Movimento Estadual Março Lilás, mês de combate ao câncer de colo uterino, em 2023.

O Cepcolu será construído em terreno ao lado da FCecon, na rua Campos Sales, esquina com a avenida Dom Pedro I. As obras iniciaram em março deste ano e toda a parte de fundação e estrutura está concluída. As paredes do centro estão sendo erguidas.

A construção alcançou 29,69% de obras realizadas, e as ações atuais envolvem a implantação das instalações hidráulicas e sanitárias, e a preparação para a estrutura de cobertura.

“O Cepcolu é considerado um divisor de águas para o combate ao câncer de colo do útero, o câncer que mais acomete mulheres no nosso estado. Esse local será fronte de verdadeiro enfrentamento, evitando a morte de mulheres cada vez mais jovens, afinal estamos falando de uma doença 100% evitável”, disse o mastologista Gerson Mourão, diretor-presidente da FCecon.

Estrutura

A obra de construção do Cepcolu conta com investimento de R$ 2,5 milhões, oriundos do Fundo Estadual de Saúde (FES), repassado pelo Governo do Amazonas. O centro será um hospital exclusivo para o tratamento das lesões pré-malignas no colo do útero, que são causadas por inflamações persistentes de tipos oncogênicos do Papilomavírus Humano (HPV).

Serão quatro salas cirúrgicas e quatro consultórios para as conizações e um anfiteatro, onde serão ministrados cursos, treinamentos, habilitação e qualificação de profissionais de saúde nas patologias do trato genital inferior. A área construída será de 761,25 metros quadrados (m²).

Segundo a gerente do serviço de Ginecologia da FCecon, ginecologista Mônica Bandeira, o Cepcolu funcionará como um hospital-dia, onde as pacientes farão a conização e terão alta no mesmo dia.

“As conizações sairão do espaço físico da FCecon e vão ser realizadas no centro avançado, abrindo mais espaço para o atendimento ambulatorial e tratamento cirúrgico de pacientes oncológicos. É um momento histórico para o Estado do Amazonas. Haverá um enfrentamento impactante na questão do câncer do colo uterino no nosso estado”, disse Mônica Bandeira.

Conizações

A conização é uma pequena cirurgia que trata lesões pré-malignas no colo do útero, evitando que o câncer se desenvolva. Até setembro de 2022, 448 mulheres passaram pelo procedimento na FCecon, unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM). Em 2021, foram 548 conizações.

O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima que 610 mulheres serão diagnosticadas com câncer de colo uterino, no ano de 2023, no Amazonas.

FOTOS: Laís Pompeu/FCecon

Compartilhe

Postagens Relacionadas

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais lidos

Assine nossa Newsletter

Receba as últimas notícias diretamente no seu e-mail. Não fazemos Spam
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
error: Conteúdo Protegido !!